quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Perco peso, mas não perco a barriga! Porque isso acontece?



Primeiramente há uma grande diferença entre perder peso e emagrecer e esse é um ponto importante a ressaltar. A perda de peso está relacionada a diminuição da massa corporal total (gordura, músculos, órgãos, água e ossos.) Já o emagrecimento está relacionado apenas com a redução de gordura corporal. Já falamos sobre isso aqui.

Segundo, não existe uma dieta ou um treino específico para “secar a barriga”, ou para “eliminar a gordura localizada”. Se você já leu isso por aí ou viu aqueles posts "veja aqui exercícios matadores para queimar a barriguinha", saiba que está sendo enganada(o). Isso é um dos maiores mitos do emagrecimento. Eliminar somente a gordura da barriga ou de um local específico não é possível.


Este é um processo lento, requer muita DISCIPLINA e PACIÊNCIA, pois é ao longo do emagrecimento que a gordura vai reduzindo em toda região do corpo. Algumas pessoas tem dificuldade de perder a gordura na região da barriga, assim como outras tem dificuldade de perder a gordura na região do braço ou da perna, isso porque cada pessoa é única e tem o seu biotipo.


Sei que você esperava por uma resposta rápida, fácil, milagrosa, mas essa não existe! Porém, deixarei aqui algumas dicas para auxiliar no processo de redução de gordura corporal e consequentemente perder a barriguinha:


  1. Dê adeus ao “Dia do Lixo” Já falei sobre ele e porque não funciona aqui. 
  2. Esqueça os alimentos ricos em açúcar, farinha refinada, gordura trans...
  3. Cuidado com os biscoitinhos fit, torradinha integral, falso pão integral, iogurte fit etc... Nem sempre são tão saudáveis quanto parecem. Leia o rótulo. Saiba como ler o rótulo aqui.
  4. Reduza o consumo de alimentos fontes de carboidratos, especialmente os refinados e processados, sucos de caixinha, farinha branca, biscoitos e torradas.
  5. Prefira as fontes de carboidratos complexos e integrais (batata doce, aipim, inhame, arroz integral, farelo de aveia, frutas. Porém, com moderação! (Também já falamos sobre os tipos de carboidratos aqui.)
  6. Aumente o consumo de alimentos ricos em proteínas, tais como carnes, ovos, iogurte integral, queijo, pois dão mais saciedade e gastam mais energia.
  7. Evite usar adoçantes artificiais, eles prejudicam a flora intestinal e podem levar ao ganho de peso. Post sobre os adoçantes aqui.
  8. Aumente o consumo de vegetais e folhosos.
  9. Não tenha medo das gorduras naturais dos alimentos, inclua coco, abacate, castanhas na sua dieta.
  10. Beba água (ande com sua garrafinha).
  11. Consuma alimentos com propriedades termogênicas e antioxidantes, tais como: canela, cacau, gengibre, pimenta, açafrão...
  12. Treine intensamente!
  13.  E o mais importante, SEJA PACIENTE!
Quer receber todas as receitas e novidades do nosso site? Clique aqui para se cadastrar!

Para baixar nosso e-book grátis com dicas e receitas para a reeducação alimentar, clique aqui.
Para ver mais sobre alimentação, clique aqui.
Para ver nossas matérias sobre exercícios físicos, clique aqui.
Para ver nossas matérias sobre procedimentos estéticos e fisioterapia, 
clique aqui.
Para conhecer nossas receitas saudáveis, 
clique aqui.

Aline Blanc é nutricionista e coach, especialista em nutrição clínica, esportiva e emagrecimento. Apaixonada pela nutrição e pela comida de verdade, passa longe dos modismos que rodeiam a nutrição atualmente. Acredita que a melhora na qualidade de vida e na estética corporal é conquistada através de uma alimentação saudável, simples, verdadeira, acessível e sustentável para qualquer pessoa. Conheça melhor seu trabalho nas suas redes sociais: www.facebook.com/alineblancnutri e @alineblancnutri no instagram

0 comentários:

Postar um comentário