segunda-feira, 8 de agosto de 2016

O poder do chá de hibisco


Originário da China, o chá é cultivado e consumido pelas suas características de aroma e sabor e propriedades medicinais em mais de 160 países, especialmente asiáticos.

A medicina tradicional tem atribuído às flores do hibisco propriedades diuréticas, anti-hipertensivas e antioxidantes. Seus extratos são ricos em flavonóides e antocianinas que contribuem ativamente para esses efeitos. Com base em um estudo de Nunes e colaboradores (2014) o chá de flor de hibisco mostrou valores para compostos fenólicos totais, antocianinas e de capacidade antioxidante interessantes ao consumo quando comparadas com outros tipos de chás e com frutos reconhecidamente ricos nesses compostos, o que torna seu consumo interessante. Estes nutrientes proporcionam diversos efeitos benéficos, entre eles, a ação diurética, impedindo a retenção de líquidos, e a capacidade de evitar o acúmulo de gorduras, principalmente na região da barriga e quadris. 
Outros estudos apontam que alguns flavonóides presentes na bebida possuem um efeito cardioprotetor e vasodilatador. Assim, as substâncias ajudam a aumentar o colesterol bom, HDL, diminuir o colesterol ruim, LDL, triglicerídeos e a pressão arterial.

O chá ainda possui boas quantidades de ferro, que atua no transporte de oxigênio no organismo e previne problemas como anemia, dor de cabeça e cansaço. A Vitamina A, que conta com um efeito antioxidante e é necessária para a visão, sistema imunológico, pele e saúde óssea, e a vitamina C, que protege o organismo contra a baixa imunidade, doenças cardiovasculares, doenças dos olhos e até envelhecimento da pele, também estão presentes na bebida.
Para obtenção destes benefícios, o ideal é que o chá seja preparado com o hibisco original, chamado Hibiscus sabdariffa, que pode ser encontrado em lojas de produtos naturais e especializadas.

Quer receber todas as receitas e novidades do nosso site? Clique aqui para se cadastrar!

Como consumir o chá de hibisco?
Separe 200 ml de água, deixe ferver e após isso adicione de 4 a 6 gramas, equivalente a uma colher de chá, da flor seca. Mantenha a bebida por três minutos no fogo e após isso ela pode ser consumida.
Você poderá ingerir o chá em temperatura ambiente ou então gelado e ainda adicionar potentes alimentos termogênicos, tais como: gengibre e canela. E claro, tudo isso aliado a uma alimentação balanceada, afinal, tomar chá de hibisco e enfiar o pé na jaca não vai te trazer resultados!

Para baixar nosso e-book grátis com dicas de sucesso para a reeducação alimentar, clique aqui.
Para ver mais sobre alimentação, clique aqui

Para ver nossas matérias sobre exercícios físicos, clique aqui.
Para ver nossas matérias sobre procedimentos estéticos e fisioterapia, 
clique aqui.
Para conhecer nossas receitas saudáveis, 
clique aqui.

Nutricionista Isabela Faria Campos    
CRN-ES 13101141
Sócia e Proprietária da Clínica Espaço Nutrir. Graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Espírito Santo.
Pós graduada em Nutrição Funcional e Nutrigenômica: Implicações Práticas na Nutrição Clínica e Esportiva. Mestranda em Ciências da Saúde pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.
Nutricionista voluntária na Associação Crescer Com Viver. CRN.ES-13101141


0 comentários:

Postar um comentário