terça-feira, 23 de agosto de 2016

6 motivos para incluir chia na sua alimentação


Você com certeza já deve ter ouvido falar ou até mesmo consumiu a chia certo?
Bom, mas você conhece seus benefícios?

A chia é uma planta da família da sálvia e do linho, e o que consumimos são suas sementes. Originária do México, suas sementes já eram utilizadas como alimento pelos povos das civilizações da América Central há muitos séculos.

As sementes de chia são fontes de proteínas, fibras, ômegas 3 e 6 (gorduras boas!), vitaminas do complexo B.

A porção diária recomendada é de 25 gramas, o equivalente a uma colher de sobremesa. O consumo excessivo de fibras pode interferir negativamente na absorção de minerais como cálcio e zinco.

As sementes inteiras são praticamente sem sabor e podem ser adicionadas à qualquer tipo de alimento: frutas, iogurtes, sucos, sopas, saladas.. Ou ainda em receitas de tortas, bolos, panquecas, molhos. Há ainda a opção em farinha, que são as sementes moídas/trituradas.

Dentre os minerais, 2 colheres de sopa de chia garantem aproximadamente 30% da necessidade diária de magnésio e 15% de cálcio. 

Quer receber todas as receitas e novidades do nosso site? Clique aqui para se cadastrar!

Veja abaixo mais 6 motivos para incluir esta sementinha poderosa na sua alimentação:

·       1. semente de chia é rica em fibras tanto solúveis quanto insolúveis. Ajudam a regular o trânsito intestinal, evitando ou tratando a prisão de ventre.
·        2. A semente de chia quando ingerida,  entra em contato com os sucos gástricos e suas fibras se transformam em um gel. É esse mecanismo um dos fatores que favorecem a saciedade e, consequentemente, acarreta um menor consumo de alimentos.
·        3. Por conter fibras e aumentar o tempo de liberação da glicose, a chia pode ser relacionada com a prevenção do diabetes tipo 2. 
·        4. O consumo regular de chia é capaz de previnir doenças cardiovasculares pois é rica em ômega. Esse ácido graxo reduz a formação de coágulos sanguíneos e arritmias, além de diminuir o colesterol circulante no sangue. Além disso, o ômega-3 ajuda na regulação da pressão dos vasos sanguíneos, uma vez que aumenta a fluidez sanguínea, evitando assim, o aumento da pressão arterial.
·       5. De toda gordura que compõe a chia, aproximadamente 77% são formados por ácidos graxos ômega 3 e ômega 6, estas gorduras quando equilibradas, ajudam a diminuir o colesterol sanguíneo.
·       6. Por conter minerais como o selênio e zinco, que auxiliam o sistema imunológico, a chia é importante para reforçar as defesas, fortalecendo a nossa imunidade.

Vamos inserir este alimento em nosso dia a dia?
Lembre-se que os efeitos positivos só serão percebidos com o uso contínuo desta semente.

Para baixar nosso e-book grátis com dicas de sucesso para a reeducação alimentar, clique aqui.
Para ver mais sobre alimentação, clique aqui
Para ver nossas matérias sobre exercícios físicos, clique aqui.
Para ver nossas matérias sobre procedimentos estéticos e fisioterapia, 
clique aqui.
Para conhecer nossas receitas saudáveis, 
clique aqui.


Nutricionista Isabela Faria Campos    
CRN-ES 13101141
Sócia e Proprietária da Clínica Espaço Nutrir. Graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Espírito Santo.
Pós graduada em Nutrição Funcional e Nutrigenômica: Implicações Práticas na Nutrição Clínica e Esportiva. Mestranda em Ciências da Saúde pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.
Nutricionista voluntária na Associação Crescer Com Viver. CRN.ES-13101141

0 comentários:

Postar um comentário