quarta-feira, 6 de julho de 2016

Aeróbico em jejum: vale a pena?!


Na constante luta contra o sobrepeso, diversas alternativas vem surgindo e o AEJ, aeróbico em jejum, ficou famoso nos últimos tempos. Alguns pesquisadores estudaram os efeitos do AEJ para comprovar ou não a sua eficácia:
  • Gillen (2013): comparou o efeito de 6 semanas de treinamento intervalado de alta intensidade (HIIT) com dois grupos, um em jejum e outro alimentado. Ambos os grupos reduziram gordura, aumentaram massa magra e a capacidade de oxidar gordura. Qual foi a diferença entre os grupos? NENHUMA. Não houve diferença entre o grupo alimentado e o grupo em jejum. Ou seja, o fator determinante para os resultados foi a intensidade do treinamento, e não o fato de estar ou não alimentado.
  • Paolli (2011): analisou a diferença entre aeróbio de baixa intensidade em indivíduos alimentados e em jejum. Após 24 horas, concluiu que a diferença foi significante a favor do grupo alimentado. Ou seja, os resultados foram melhores no grupo alimentado.
  • Calles-Escandon et al (1991): este estudo foi o que obteve o melhor resultado sobre a oxidação de gordura no AEJ. Concluiu-se que foram oxidados apenas 16g de gordura, ou seja, aproximadamente uma colher de sopa de azeite. 
Você acorda cedo, com fome e vai fazer um aeróbico de baixa intensidade com a promessa de oxidar mais a gordura? Bem, acho que não vale o esforço...

*Texto adaptados dos IG dos personal trainers @gutogalamba e @taynanluchi



Para baixar nosso e-book grátis com dicas de sucesso para a reeducação alimentar, clique aqui.

Para ver mais sobre alimentação, clique aqui
Para ver nossas matérias sobre exercícios físicos, clique aqui.
Para ver nossas matérias sobre procedimentos estéticos e fisioterapia, clique aqui.
Para conhecer nossas receitas saudáveis, clique aqui.

Meu nome é Maísa Pimenta, tenho 31 anos, casada. Sou engenheira de produção e um belo dia não entrei na minha calça 44. Decidida a não aumentar mais um número voltei ao manequim 38 com a ajuda de profissionais muito competentes. Apaixonada pelo novo estilo de vida decidi criar esta plataforma para ajudar quem queira seguir o mesmo caminho.

0 comentários:

Postar um comentário