segunda-feira, 14 de março de 2016

Treino de glúteos – alguns segredos


 
Quando falamos em musculação com finalidade estética, é impossível não pensarmos em alguns grupos musculares, como o peitoral para os homens e os glúteos para as mulheres. E será justamente sobre eles que falarei hoje, os glúteos. Eles, que são praticamente uma unanimidade nacional, precisam de muita atenção durante a prescrição e execução dos exercícios.
Quando me refiro aos glúteos, estou falando de todo o complexo muscular da região do quadril – glúteo máximo, médio, mínimo, piriforme e outros. Porém, analisando apenas com a ótica da estética, o glúteo máximo apresenta grande superioridade de importância devido à sua maior quantidade de massa muscular.
O glúteo máximo atua realizando a extensão do quadril (empurrando a coxa para trás) e a rotação lateral/externa do quadril (girando a ponta dos pés para fora). Assim, todos os exercícios que tenha algum desses movimentos, tendem a ter boa solicitação do glúteo máximo. Por exemplo: Leg Horizontal, Agachamento sumô, Stiff, Avanço, Afundo... Sim, todos esses exercícios são muito eficientes para a construção do tão sonhado glúteo.


Agora observe, se você já faz musculação e treina membros inferiores (“pernas”) todos os dias, provavelmente você está prejudicando os seus resultados. Não entendeu? Veja o exemplo a seguir de uma divisão clássica de treino para membros inferiores: 

Treino 1 “Quadríceps”
Leg Press 45
Agachamento sumô
Cadeira extensora

Treino 2 “Posteriores de coxa”
Stiff
Mesa flexora
Cadeira flexora

Treino 3 “Glúteo”
Glúteo na polia
Agachamento unilateral (afundo)
Glúteo caneleira

Numa análise rápida e sem citar a seleção dos exercícios, perceba que em todos os treinos ocorre a extensão do quadril. Em todos os treinos você está treinando glúteo! E isso é péssimo no ponto de vista de resposta de treino. Treinando assim, seu músculo não descansa nunca. Treinando assim a chance de você conseguir resultados satisfatórios é muito baixa!
A minha sugestão seria realizar um treino único para membros inferiores, para que se dê um alto estímulo, e depois o corpo possa descansar 48 horas ou mais! Lembre-se é no descanso que as coisas acontecem no seu corpo.

Por isso, se você está treinando assim ou algo parecido com este treino, sugiro que você converse com seu professor imediatamente e reorganize seu treino. Faça isso e aumente muito as chances de você obter excelentes resultados na musculação.
Grande abraço, bons treinos!

Ramon Luciano é graduado em educação física pela UFES/UNIROMA 2 (Tor Vergata - Itália) e atua como Personal Trainer em Vila Velha/ES.






Ao longo do meu processo de reeducação alimentar, quando perdi mais de 18kg, aprendi que organização é essencial para o sucesso! Reuni 10 dicas infalíveis de organização e planejamento em um e-book para ajudar quem quer seguir o mesmo caminho. Para baixar, clique aqui:http://eepurl.com/bN_OUv
É grátis! =)
 
 
 
 
 

0 comentários:

Postar um comentário