Vix Saudável

Seguir um estilo de vida saudável na grande Vitória agora ficou mais fácil!

Coma comida de verdade!

Aquela que não tem rótulo!

Mas no caso da comida ter rótulo...

...aprenda a ser um leitor deles!

Exercite-se

Nós fomos feitos para ficar em movimento!

Cuide bem do seu corpo

Você vai morar nele a vida inteira

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

#Vixdicas Só Orgânicos - Enseada do Suá

Saindo do escritório um dia desses, o pessoal me chamou pra almoçar no Horto Mercado. Eles queriam comer moqueca, mas é o que eu sempre digo ne, em 95% dos restaurantes dá pra ser saudável, basta querer. Eu ia pedir um peixe grelhado com legumes e purê e tava ótimo.

Logo ao lado do restaurante vi uma lojinha chamada Só Orgânicos. Opa, alerta de lugar novo para comprinhas ativado... rs... fui lá.


A loja é uma graça e é focada em produtos orgânicos. Tem grãos, farinhas, lanches, molhos, chocolates e até frutas.





Fui conversar com o dono sobre a história dele (gosto de saber a história das pessoas), e pra minha surpresa ele já trabalha com orgânicos há 18 anos (quando eu nem sabia o que era orgânico). Então senta que lá vem história.

O Marcus tinha uma franquia de classificados e foi convidado para uma palestra sobre internet. Isso já tem 28 ANOS! A palestra era pra mostrar a inovação da internet (!), o que era, bem quando tava no inicinio e ninguém conhecia... e daí o diretor do jornal, no fim da palestra, comentou: “essa tal de internet vai acabar com o jornal”.O Marcus que não quis ficar parado esperando esse dia chegar ne?
Alguns anos depois, lendo a revista Exame ele viu uma matéria sobre a Native (maior produtor de açúcar orgânico do mundo) e Volkmann (arroz Biodinâmico), empresas de produtos orgânicos. E pensou “por que não? Vou vender esse tal de orgânico para os supermercados. Deve ser um bom negócio”. Infelizmente, as coisas não foram tão fáceis assim. O Marcus ficou uns bons anos sendo representante de alguns produtos orgânicos em paralelo com os classificados (que ainda estavam sobrevivendo ao advento da internet) até que finalmente conseguiu ser fornecedor dos supermercados.

E novamente as coisas não foram tão fáceis, ele quebrou. E como última alternativa ele decidiu abrir uma loja em barro vermelho. Nessa altura do campeonato já estávamos em 2007. E dois anos depois ele quebrou de novo.
Mas antes de desistir de vez do negócio de orgânicos, uma ex cliente recém aposentada se ofereceu para ser sua sócia e abrir uma nova loja em Vitória. E assim nasceu a Só Orgânicos em setembro de 2011.

A loja é uma graça e tem uns produtos super difíceis de encontrar como o trigo sarraceno que não tem glúten, é mega saudável e faz uma panqueca ótima! Já demos a receita da panqueca aqui ou o shoyu sem corante caramelo e glutamato monossódico (cancerígenos!). Tem lá também! Super recomendo =)
Outra coisa mega difícil de achar são variedades de frutas orgânicas, no supermercado a gente encontra basicamente banana e, dependendo da época, morango. Na Só Orgânicos eu vi maçã, pera, melancia, melão, abacaxi e laranja. Dependendo da época você pode até encontrar outras variedades.

A Só Orgânicos fica no Horto Mercado, Enseada do Suá e funciona de segunda a sexta das 9h às 19h e sábado de 9h às 15h.
IG @so.organicos
www.facebook.com/soorganicos

Meu nome é Maísa Pimenta, tenho 31 anos, casada. Sou engenheira de produção e um belo dia não entrei na minha calça 44. Decidida a não aumentar mais um número voltei ao manequim 38 com a ajuda de profissionais muito competentes. Apaixonada pelo novo estilo de vida decidi criar esta plataforma para ajudar quem queira seguir o mesmo caminho. aqui

#Vixreceitas Panqueca de trigo sarraceno - sem glúten sem lactose

Nós já ensinamos aqui uma deliciosa opção para panquecas doces, sem glúten e sem lactose. Porém, ainda faltava um opção gostosa e saudável de panquecas salgadas.
 
Hoje nossa receita é muito fácil, saborosa, saudável e excelente substituição para a tradicional panqueca de farinha de trigo branca e leite. A panqueca de trigo sarraceno:
 
 
Apesar do nome, o trigo sarraceno é bem diferente do trigo tradicional e não contém glúten. Além disso, contém proteínas, carboidratos, fibras solúveis, vitaminas do complexo B e minerais como manganês, magnésio e fósforo. Além disso, possui flavonoides (antioxidantes), principalmente a rutina. A presença de fibras e de antioxidantes faz com que o trigo sarraceno auxilie na prevenção de doenças cardiovasculares, diabetes e obesidade.
 
Vamos a receita!
 
Ingredientes
 
- 1/4 de xícara de farinha de trigo sarraceno
- 1/4 de xícara de farinha de arroz
- 1 ovo
- 1/4 e meio de xícara de água gelada
- 1/2 colher de chá de manteiga ghee (ou comum, mas aí não fica totalmente livre de lactose, mas a manteiga comum contém bem pouca lactose)
- 1/2 colher de chá de sal
 
Modo de fazer
 
Primeiro, misture as farinhas e o sal. Depois acrescente o ovo batido e a água e misture tudo com a ajuda de um fouet até a massa estar homogênea. Unte levemente a frigideira e espalhe a massa até formar uma panqueca fina. Unte dos dois lados e pronto!
 
Rende 4 panquecas como a da foto.
 
 
Você pode rechear com ovos mexidos, legumes salteados, cogumelos salteados, a caprese. Use a criatividade!
 
Se testar esta receita, poste uma foto e use a hashtag #vixreceitas
 
Meu nome é Maísa Pimenta, tenho 31 anos, casada. Sou engenheira de produção e um belo dia não entrei na minha calça 44. Decidida a não aumentar mais um número voltei ao manequim 38 com a ajuda de profissionais muito competentes. Apaixonada pelo novo estilo de vida decidi criar esta plataforma para ajudar quem queira seguir o mesmo caminho. 

terça-feira, 23 de fevereiro de 2016

Por que nosso corpo precisa de movimento?



De muitas maneiras pode se comparar o corpo humano com uma máquina, tal como um carro. A máquina converte uma forma de energia em outra na execução de um trabalho. Do mesmo modo, uma pessoa converte energia química em mecânica no processo de andar, correr, saltar dançar, jogar bola.
Quando o corpo se movimenta, muitos processos fisiológicos e psicológicos ocorrem simultaneamente. Por exemplo, quando alguém corre aumenta a contrabilidade e a freqüência dos batimentos do coração; o metabolismo é aumentado; os hormônios são mobilizados; a temperatura corporal é elevada.

Neste sentido, o corpo é uma máquina, afinal, ele é formado por mais de 10 bilhões de células; o esqueleto com mais de 200 ossos que servem de suporte para mais de 600 músculos, comandados por cerca de 11 quilômetros de fibras nervosas e irrigados por mais de 96 milhões de vasos sanguíneos.
Nosso coração bombeia quase 6.000 litros de sangue a cada dia; os olhos têm cerca de 100 milhões de receptores, os ouvidos contêm mais de 24 mil fibras. Milhares de reações químicas estão acontecendo a cada instante. Ao lado desse fabuloso aparato biológico, existe o cérebro que é capaz de pensar numa velocidade de 800 palavras por minuto; capaz de lembrar eventos do passado como se eles estivessem acontecendo hoje; e capaz de prever eventos que nunca aconteceram, como se eles estivessem realmente acontecendo.

Embora o corpo possa ser comparado com uma máquina, seria muito simples (e até desumano) considerá-lo somente isso. Ao contrário das máquinas, o corpo tem uma tremenda capacidade de se adaptar aos estresses físicos e com isso melhorar suas funções.
O funcionamento do corpo é mantido por um equilíbrio dinâmico que necessita de atividades para funcionar normalmente. O rompimento do frágil equilíbrio dentro do corpo, causado, por exemplo, por hábitos alimentares errôneos ou deficientes; por padrões de pensamentos negativos; pela vida sedentária, pode resultar (e freqüentemente resulta) em doenças, discordâncias e desordens emocionais.


Numa sociedade caracterizada por "apertar botões", as tendências modernas, a mecanização, as ocupações sedentárias e o uso generalizado de utensílios domésticos, levaram a uma exigência diminuída da atividade física particularmente no trabalho. Ao mesmo tempo há um aumento espantoso de doenças cardiovasculares.
Os estudos têm mostrado que o risco de doenças cardiovasculares é aumentado por falta de atividade física satisfatória. A atividade física, principalmente o exercício, o esporte, aumenta o rendimento físico das pessoas. Este aumento está associado com uma melhora na eficiência funcional de todas as células do nosso corpo. Essa eficiência funcional, chamada de APTIDÃO FÍSICA, é geralmente vista como um atributo desejável e positivo para a saúde.

A atividade física é uma parte integral e complexa do comportamento humano, envolvendo componentes culturais, sócio-econômicos, psicológicos e é dependente de vários fatores como o tipo de trabalho, tipo físico, personalidade, quantidade de tempo livre, possibilidade de acesso a locais e instalações esportivas, etc.
capacidade de rendimento do nosso corpo muda continuamente durante a vida. Por isso, movimente-se! Seu corpo precisa disso! “Cuide bem do seu corpo, afinal você mora nele.”

Felipe Toscano Destefani, personal trainer, formado pela UFES. Atua nesse mercado há 15 anos. Especialização (Latu Senso) em treinamento desportivo e treinamento funcional.

domingo, 21 de fevereiro de 2016

Você está consumindo proteínas de forma correta?




Consumir suplementos proteicos ajuda na hipertrofia ou no emagrecimento?
É comum ver pessoas que começaram a treinar recentemente já comprarem um pote de whey protein achando que isso irá ajudar no processo de emagrecimento ou hipertrofia. Pois bem, não é bem assim...

Primeiro, a pessoa precisa estar se alimentando de forma correta para que a dieta aliada aos exercícios tenha como consequência uma melhora na estrutura corporal.
O consumo adequado de proteínas não é essencial somente a hipertrofia, mas também promove uma maior redução de gordura corporal.

Um estudo publicado por Stefan M. Pasiakos et al em 2013 investigou os efeitos de uma dieta com alto teor de proteína comparado com uma dieta “normal” em proteínas. O grupo que consumiu uma dieta com um alto teor de proteínas obteve uma maior redução de gordura comparado ao grupo que consumiu uma quantidade “normal”. Além disso, o grupo que consumiu mais proteínas teve um efeito de proteção maior na massa magra em comparação com o outro grupo.
Qual a quantidade correta de proteínas diárias?

A quantidade correta de proteína por dia de acordo com a DRIs (Dietary Reference Intakes) elaboradas pelo comitê do Food and Nutrition Board/ Institute of Medicine varia de acordo com o gênero, idade, gestação ou período de amamentação. Para homens e mulheres  de 9 a 13 anos a ingestão é de 0,95 g/kg de peso por dia, de 14 a 18 anos a ingestão é de 0,85 g/kg de peso/dia e acima de 19 anos  a ingestão é de 0,8 g/kg de peso.
Em 2010 a ISSN  (International Society of Sports Nutrition) publicou uma recomendação  de proteínas: 
Idosos para evitar a perda de massa muscular:  1,5 - 2 g/kg de peso/dia.

Desportistas: 0,8 – 1,0 g/ kg de peso/dia.
Atletas: 1,5-2,0 g / kg de peso / dia.

Porém, não basta apenas consumir mais proteína e não se atentar a distribuição. Ou seja, um erro bem comum das pessoas é consumirem proteínas nas refeições principais e nos lanches intermediários não incluí-las, ingerindo barrinha de nuts ou frutas.
Um outro estudo publicado no The Journal of Nutrition em 2014 testou 2 dietas EVEN (proteínas em quantidades iguais em todas as refeições) e SKEW (proteínas em quantidades irregulares). Os resultados mostraram que consumir proteínas de forma igualitária em todas as refeições é superior do que consumir proteína de forma irregular (mais em algumas refeições e menos em outras).

CONCLUSÃO: Dietas com um alto teor de proteínas (não confundam com excesso) são eficazes para a redução de gordura e manutenção da massa muscular, porém a distribuição é algo tão importante quanto a quantidade.
Fonte: Medidas Perfeitas
E a suplementação, é essencial? Qual a dosagem correta de whey protein?
A dosagem correta de whey protein varia de acordo com o plano alimentar do paciente. Não é todo mundo que tem necessidade de tomar. Muitas vezes só a alimentação supre as necessidades diárias de proteína que a pessoa deve ingerir. Mas, para um praticante comum de atividade física uma quantidade de 20 g – 25 g de proteína (geralmente 1 scoop) já são suficientes para o anabolismo. Para atletas, a ingestão de whey protein por dia pode ser muito maior, pois eles possuem uma rotina de treino muito mais pesada, em torno de no mínimo 2 treinos por dia. Por isso é importante lembrar:

Consulte sempre um profissional antes de tomar seus suplementos.
Fonte: @joaopaim_nutrição

Para ver mais sobre alimentação, clique aqui.

Para ver nossas matérias sobre exercícios físicos, clique aqui.
Para ver nossas matérias sobre procedimentos estéticos e fisioterapia, clique aqui.
Para conhecer nossas receitas saudáveis, clique aqui.
Larissa Scarparo Rocha é nutricionista graduada pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES), pós graduanda em Nutrição Clínica e Esportiva pelo Instituto de Pesquisas Ensino e Gestão em Saúde (IPGS) e mestranda em Nutrição e Saúde pela UFES. Também é sócia e proprietária da empresa Espaço Nutrir em Guarapari/ES.

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

Roça in Box - para todo o Brasil!

Essa semana conhecemos o Roça in Box. O Roça in Box nasceu em dezembro de 2015 da necessidade percebida pelos sócios e noivos Marcelo França e Dandára Bicalho da dificuldade da mãe da Dandára em buscar produtos SEM GLÚTEN devido a sua intolerância.

Marcelo e Dandára começaram a observar que, além de difíceis de serem encontrados, os produtos sem glúten e sem lactose eram muito caros. Então eles decidiram criar uma empresa que atendesse a essas necessidades com respeito ao cliente e principalmente com ótimos preços, ajudando assim a mãe da Dandára e outros vários intolerantes do nosso país.
O Roça in Box conta com vários produtos sem glúten, sem lactose, orgânicos. Têm também opções veganas tipo coxinhaaaaaaa rs (essas, como são congeladas, somente para a grande Vitória, eba!), geleias orgânicas, papinhas orgânicas (alô papais e mamães) e vários outros produtos bacanas.
Coxinha vegetariana =)
Geleia orgânica de amora

Papinha orgânica de aveia e banana
Ah, uma outra opção é a box sugerida para quem não consegue se decidir entre as opções. Tem box week, box coffee break e box workaholic. Veja todas as opções aqui.
Box Work Week
Box Work Week

O Roça in Box entrega para todo o Brasil mediante pagamento de frete, mas para a grande Vitória (Vitória, Vila Velha, Serra, Cariacica e Guarapari) o frete é grátis para compras acima de R$ 50,00. Legal ne? =)
As entregas demoram apenas 1 dia útil, com exceção de Guarapari que conta com as entregas aos sábados.
Roça in Box
http://www.lojarocainbox.com.br/
www.facebook.com/rocainbox
Instagram @rocainbox
 



quarta-feira, 17 de fevereiro de 2016

#Vixreceitas Brownie de chocolate saudável

Sabe quando bate aquela vontade louca de comer um chocolate, mas você não quer jogar a dieta pelo ralo?
 
Sua vida acaba de ser salva! haha
Hoje a nossa receita é de um delicioso brownie de chocolate, e o melhor, saudável!


A receita é da chef Susan Martha do canal Amor pela comida e leva poucos ingredientes, super fácil de fazer.
 
Ingredientes
  • 1 abacate pequeno bem maduro (não se preocupe se você não gosta de abacate, não fica com gosto!!!)
  • 1 banana branca bem madura
  • 1/2 x de mel
  • 4 ovos caipiras
  • 1/2 x de farinha de coco
  • 1/2 x de araruta ou polvilho doce
  • 1/2 x de cacau em pó 100%
  • 1/4 c de chá de sal
  • 1 c de chá de fermento em pó
Veja o passo a passo abaixo:

 
Dicas
 
- Utilize abacate e banana bem maduros.
- Adicione nuts (nozes, amêndoas, amendoim ou outras castanhas) para adicionar "crocância" a receita.
- Se quiser o brownie um pouco mais doce, utilize chocolate em pó no lugar de cacau, mais tenha em mente que ele ficará um pouco menos saudável, pois o chocolate tem açúcar.
- Você pode ainda colocar uma calda de chocolate saudável por cima, já demos a receita aqui no site para a cobertura do bolo de cenoura, clique aqui para ver.
 
Pronto, agora é só se deliciar! Se fizer esta receita, não esqueça de postar uma foto com as hashtags #amorpelacomida e #vixreceitas
 
Até a próxima!
 
Eu sou a Chef Susan Martha e tenho muito amor pela comida. Meu amor pela comida é tão, tão forte que fiz faculdade de Gastronomia justamente por isso. Lá, aprendi técnicas clássicas, que serviram como fermento para aumentar minhas habilidades de surpreender na cozinha e fazer minha criatividade borbulhar. 
Hoje, aplico técnicas de Gastronomia Funcional em pratos do dia a dia e desenvolvo substituições de ingredientes para tornar as receitas mais saudáveis. É assim que mantenho o equilíbrio da minha alma gorda

terça-feira, 16 de fevereiro de 2016

Exercícios abdominais: fazer ou não? Ajudam a secar a barriga?


A resposta é sim, nós devemos fazer abdominais, mas não para secar a barriga. O que seca a barriga é a dieta, uma vez que existe uma "capa" de gordura na frente dos músculos abdominais que impede o aparecimento dos tão sonhados gominhos.

O mais importante no exercício abdominal é identificar o POR QUÊ, COMO e QUANDO o fazer.

A musculatura abdominal possui extrema importância na realização de praticamente todos os exercícios de musculação, em especial os que apresentam um alto grau de complexidade para executar - agachamento, levantamento terra, flexão de braços, puxadas na barra, entre outros. Isso significa que quando estamos realizando estes exercícios, o grau de ativação dessa musculatura é extremamente alto, o que é muito positivo no que diz respeito à eficiência do treinamento.

Então se você agachar, fizer umas barras e flexões você não precisará fazer os exercícios isolados para abdominais, certo?

Depende. Isso dependerá de uma análise de vários fatores, como nível de treinamento e tempo disponível para cada sessão de exercícios. Quanto maior for a sua experiência e o seu nível de treino, mais específico o seu treino tende a ser, o que aumenta as possibilidades de isolar grupos musculares, como os abdominais.

Caso você tenha uma disponibilidade de tempo muito pequena, a ideia seria priorizar exercícios com alto grau de complexidade e preferencialmente multiarticulares, para que a necessidade de isolar alguns grupos musculares seja muito pequena.

Outro ponto importante é a frequência em que devemos treinar. Levando em consideração que o complexo abdominal é um grupo muscular, que na musculação nós geramos lesões (micro lesões) na musculatura e que para recuperar qualquer dano muscular nosso corpo precisa de tempo (às vezes mais, às vezes menos). Por que vamos fazer abdominais todos os dias?
Não faça isso. Treine em um dia, descanse no outro e consiga uma recuperação completa e eficiente.

Ainda ficou com dúvidas? Deixe sua pergunta nos comentários que irei responder.
Bons treinos.

Para ver mais sobre alimentação, clique aqui.
Para ver nossas matérias sobre exercícios físicos, clique aqui.
Para ver nossas matérias sobre procedimentos estéticos e fisioterapia, clique aqui.
Para conhecer nossas receitas saudáveis, clique aqui.


Ramon Luciano é graduado em educação física pela UFES/UNIROMA 2 (Tor Vergata - Itália) e atua como Personal Trainer em Vila Velha/ES.


Ao longo do meu processo de reeducação alimentar, quando perdi mais de 18kg, aprendi que organização é essencial para o sucesso! Reuni 10 dicas infalíveis de organização e planejamento em um e-book para ajudar quem quer seguir o mesmo caminho. Para baixar, clique aqui:http://eepurl.com/bN_OUv

É grátis! =)

domingo, 14 de fevereiro de 2016

Adoçantes. São saudáveis? Qual é o melhor?



É comum diabéticos e pessoas que começam a fazer dieta trocarem o açúcar pelo adoçante com o objetivo de diminuir as calorias e consequentemente emagrecer. Porém essa troca nem de longe é a melhor opção. Você sabia que o adoçante pode estar te engordando? Sim, isso mesmo que você leu. Adoçante engorda!

Vários estudos vêm comprovando que o uso de adoçantes artificiais após ingeridos aumentam a fome e com o passar do tempo leva a compulsão alimentar e consequentemente ao ganho de peso corporal.

Isso acontece porque nossa língua e intestino são cheios de receptores para o sabor doce. Quando eles são ativados após a ingestão do adoçante nosso corpo se prepara e produz insulina. Mas sem a chegada da glicose (açúcar) na corrente sanguínea ocorre a hipoglicemia (baixa de açúcar no sangue) já que a pequena quantidade de açúcar que estava circulando no sangue, entra nas células. Nesta situação, a irritabilidade, o cansaço e fome são comuns, levando a pessoa a consumir mais alimentos e por conseguinte, ter compulsão alimentar.

Observe o que acontece quando você ingere refrigerante diet ou light, você fica com mais fome logo depois.

ADOÇANTES ARTIFICIAIS. Não são saudáveis e sempre serão as piores opções!
São eles: sacarina sódica, ciclamato de sódio, aspartame, sucralose, entre outros.
Todos podem aumentar o risco de câncer, dificultar a regulação da produção de insulina e prejudicar a flora bacteriana intestinal (necessária e benéfica ao organismo).

ADOÇANTES NATURAIS. São saudáveis e por isso as melhores opções no caso de se utilizar algum.
São eles: Esteviosídeo (Sttevia) e os polióis (sorbitol, xilitol, manitol e outros "óis")
Todos esses naturais podem ser consumidos com segurança, porém, nada em excesso faz bem. Então use com moderação.

Lembre-se: Comer alimentos doces vicia. Quanto mais doce você come, mais aumenta a vontade de comer. Portanto, aprenda a sentir o gosto natural dos alimentos. Comece aos poucos e futuramente, não vai mais querer adoçar nada, pois seu organismo já estará adaptado.

É difícil? Sim. Mas a sua saúde agradece e os resultados serão fantásticos!

Para ver mais sobre alimentação, clique aqui.
Para ver nossas matérias sobre exercícios físicos, clique aqui.

Para ver nossas matérias sobre procedimentos estéticos e fisioterapia, clique aqui.
Para conhecer nossas receitas saudáveis, clique aqui.

Aline Blanc é nutricionista e coach, especialista em nutrição clínica, esportiva e emagrecimento. Apaixonada pela nutrição e pela comida de verdade, passa longe dos modismos que rodeiam a nutrição atualmente. Acredita que a melhora na qualidade de vida e na estética corporal é conquistada através de uma alimentação saudável, simples, verdadeira, acessível e sustentável para qualquer pessoa. Conheça melhor seu trabalho nas suas redes sociais: www.facebook.com/alineblancnutri e @alineblancnutri no instagram.


 


Ao longo do meu processo de reeducação alimentar, quando perdi mais de 18kg, aprendi que organização é essencial para o sucesso! Reuni 10 dicas infalíveis de organização e planejamento em um e-book para ajudar quem quer seguir o mesmo caminho. Para baixar, clique aqui:http://eepurl.com/bN_OUv
É grátis! =)

quinta-feira, 4 de fevereiro de 2016

#vixreceitas Pé de moleque com aveia e óleo de coco

E pra alegrar essa quinta quase véspera de carnaval, que tal um docinho?
 
 
Essa receita de pé de moleque da nossa chef Susan Martha do canal do youtube Amor pela Comida é uma delícia e mais saudável que a receita tradicional, pois leva aveia e óleo de coco.
 
MAS ATENÇÃO, consuma com moderação, pois ainda leva açúcar e é calórico!
 
Mas vamos a receita, veja do que você vai precisar:
Ingredientes
- 2 xícaras de açúcar demerara ou de coco;
- 1/2 xícara de óleo de coco;
- 2/3 xícara de leite de coco (veja a receita de leite de coco caseiro aqui, utilize menos água para deixar mais consistente);
- 1/3 xícara de cacau em pó 100%;
- 2/3 xícara de pasta de amendoim;
- 1/2 colher de chá de sal rosa;
- 500 g de aveia em flocos grossos;
- papel manteiga (para não grudar na forma)
 
Passo a passo:
 
 
A receita rende de 35 a 40 pés de moleque.
 
Se testar a receita, não se esqueça de postar uma foto e usar as hashtags #vixreceitas e #amorpelacomida
 
 
Eu sou a Chef Susan Martha e tenho muito amor pela comida. Meu amor pela comida é tão, tão forte que fiz faculdade de Gastronomia justamente por isso. Lá, aprendi técnicas clássicas, que serviram como fermento para aumentar minhas habilidades de surpreender na cozinha e fazer minha criatividade borbulhar. 
Hoje, aplico técnicas de Gastronomia Funcional em pratos do dia a dia e desenvolvo substituições de ingredientes para tornar as receitas mais saudáveis. É assim que mantenho o equilíbrio da minha alma gorda

quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

Treinamento Funcional - o que todos devem saber! - parte 1

    Foto: Vida de Jovem

Muito difundido atualmente, o Treinamento Funcional pode colaborar ao alcance da Hipertrofia, por atuar diretamente na melhoria da qualidade de execução dos movimentos.


A Importância da Amplitude de Movimento para a Hipertrofia


A necessidade de levantar maiores sobrecargas no treinamento de musculação parece prevalecer na mente de muitos indivíduos e, dessa forma, torna-se difícil desvincular a aspecto visível da quantidade de peso, de um instável aspecto qualitativo, que é o estímulo fisiológico. Isto fica muito claro quando observamos alguns praticantes de musculação que geralmente “esquecem” a técnica correta do exercício, a fim de utilizar maiores cargas, sendo a amplitude do movimento um dos fatores mais afetados.


Algumas pesquisas comprovaram verificar maiores níveis de hipertrofia em fibras alongadas, ou seja, em contrações musculares com grande amplitude angular. Um exemplo disto foi encontrado no estudo de Armstrong et al (1991), em que a contração dos músculos a partir da posição alongada causa alongamento irregular dos sarcômeros (unidades motoras), aumentando o potencial de ocorrência das microlesões, que consistem na base de um dos modelos de hipertrofia mais conhecidos. Vale a pena ter isso em mente.


Em outra pesquisa, feita por Nosaka e Sakamoto (2001), os resultados revelaram que membros treinados em encurtamento realizam mais trabalho mecânico (força x deslocamento), porém existem maiores alterações bioquímicas com o movimento alongado. Este resultado comprovou que é necessário ter cuidado com a aplicação de conceitos lineares em sistemas complexos, pois, por mais que o trabalho mecânico tenha sido maior em uma situação, as mudanças fisiológicas foram mais evidentes em outra. Isso fica mais evidente em consulta a alguns estudos que encontram relações lineares entre o estresse fisiológico e amplitude, mas não com a força exercida.


Isso demonstra que a força do músculo depende, em parte, de sua capacidade de alongar-se com boa amplitude de movimento.


Portanto, se o objetivo do treino é um maior trabalho fisiológico (que resulte em hipertrofia), deve-se esquecer a quantidade de peso utilizada e concentrar-se na qualidade do movimento.


Felipe Toscano Destefani, personal trainer, formado pela UFES. Atua nesse mercado há 15 anos. Especialização (Latu Senso) em treinamento desportivo e treinamento funcional.

terça-feira, 2 de fevereiro de 2016

Emagrecimento pós parto - como voltar rapidamente ao peso sem prejudicar o bebê?

Fonte: Discovery Mulher

Uma das maiores preocupações das mulheres no pós parto, além dos cuidados com o bebê é claro, é retornar ao peso anterior a gravidez, especialmente porque muitas gestantes acabam se descuidando e ganham muito mais peso do que o recomendado.

É notório que o retorno rápido ao peso anterior contribui muito para a melhora do perfil psicológico e da auto estima. No entanto, muitas mães são criticadas quando demonstram esta preocupação, pois “deveriam estar preocupadas com seus filhos e não com seu corpo”. O que muita gente não sabe é que a demora excessiva para emagrecer após o parto pode aumentar o risco de diversas doenças como diabetes, hipertensão e problemas cardiovasculares (Linne 2004).

Um estudo publicado por Rooney e Schauberger em 2002 concluiu ainda que mulheres que não retornam ao peso habitual em aproximadamente 6 meses após o parto possuem chance consideravelmente maior de apresentarem sobrepeso e obesidade 10 anos mais tarde.

O que fazer para reduzir o peso o mais rápido possível após o parto?

Um estudo publicado por Amorim Adegboye e Linne em 2013 observou que apenas o exercício não é suficiente para auxiliar na perda de gordura, mas é importante para melhorar o condicionamento cardiovascular das mamães, o que diminui o risco de doenças. Apenas as mulheres que fizeram dieta ou dieta combinada com exercícios conseguiram emagrecer significativamente. Ou seja, fazer dieta é suficiente para emagrecer, porém é importante salientar que o grupo que também fez exercício conseguiu preservar a massa muscular e ainda aprimorar a capacidade cardiovascular.

Mas atenção, o retorno ao exercício no pós-parto deve ser gradativo. Durante a gravidez, muitas alterações corporais ocorreram e o retorno aos exercícios deve ser orientado por um profissional para que ele adapte seu treino a essas mudanças que ocorreram. Procure um personal trainer para te atender, mesmo que seja só 2 ou 3 vezes na semana.

Exercício físico durante a amamentação pode secar o leite?

Uma preocupação recorrente das mamães é se fazer dieta e exercício poderá prejudicar a amamentação. Esse estudo ainda concluiu que dieta e exercício é seguro, pois não foram observados efeitos adversos na amamentação como redução do volume de leite ou da concentração plasmáticas de prolactina.

Outros estudos relacionados à amamentação e exercício observam um aumento de ácido lático no leite materno. Esse aumento é relacionado com a intensidade do exercício, isto é, quanto mais intenso mais ácido lático no leite. A grande discussão era que esse ácido lático poderia modificar o sabor do leite e dessa forma o bebê passaria a não aceitá-lo, sendo então que de forma indireta o exercício estaria interferindo na aceitação do bebê ao leite após o exercício pela alteração no sabor.

Alguns autores observaram que em mães que realizaram “exercício máximo”, houve um aumento da concentração de ácido lático. Os estudos com intensidades adequadas “não mostraram efeitos negativos” sobre a amamentação. Cary & Quinn (2001) em revisão literária concluíram que até a data analisada, o exercício e amamentação eram atividades compatíveis, sendo que dos vários estudos analisados os mesmos não demonstram efeito prejudicial do exercício durante a lactação não afetando a composição, o volume do leite, o crescimento, o desenvolvimento infantil, ou a saúde materna.

Um ponto importante que as mamães devem observar é que o ácido lático gerado no exercício é eliminado de 30 a 60 minutos após o treino, assim recomenda-se a amamentação antes de ir malhar, e após o exercício esperar um pouco para oferecer o leite ao bebê novamente.

Então mamães, observados os cuidados mínimos, cuidem da alimentação e pratiquem atividade física logo após o período de resguardo.
Para ver mais sobre alimentação, clique aqui.
Para ver nossas matérias sobre exercícios físicos, clique aqui.
Para ver nossas matérias sobre procedimentos estéticos e fisioterapia, 
clique aqui.
Para conhecer nossas receitas saudáveis, clique aqui.

Ao longo do meu processo de reeducação alimentar, quando perdi mais de 18kg, aprendi que organização é essencial para o sucesso! Reuni 10 dicas infalíveis de organização e planejamento em um e-book para ajudar quem quer seguir o mesmo caminho. Para baixar, clique aqui:http://eepurl.com/bN_OUv
É grátis! =)






Fontes:
IG do dr. Bruno Fischer @fischerbruno