Vix Saudável

Seguir um estilo de vida saudável na grande Vitória agora ficou mais fácil!

Coma comida de verdade!

Aquela que não tem rótulo!

Mas no caso da comida ter rótulo...

...aprenda a ser um leitor deles!

Exercite-se

Nós fomos feitos para ficar em movimento!

Cuide bem do seu corpo

Você vai morar nele a vida inteira

quarta-feira, 19 de abril de 2017

Importância da biomassa + receita de biscoito low carb


A Biomassa se destaca por conter uma grande quantidade de amido resistente presente na polpa da fruta. 
O benefício do amido resistente é similar ao da fibra alimentar, sendo que este não é digerido e absorvido no intestino delgado, podendo ser fermentado no intestino grosso, produzindo substâncias que servem de alimento para as bactérias benéficas do intestino, além de manter a integridade da mucosa do nosso intestino, que é responsável pela absorção adequada dos nutrientes e pela barreira da entrada de substâncias maléficas.
_
Desta forma, o consumo de banana verde auxilia no trânsito intestinal dequado, atuando na prevenção e tratamento de quadros como diarréia e constipação, além de prevenir o desenvolvimento de doenças como o câncer de intestino.
A banana verde traz também outros benefícios: ajuda a controlar a taxa de glicemia, prevenindo o diabetes tipo 2, atua na redução do colesterol, desta forma pode prevenir doenças cardiovasculares.
_
A biomassa não tem gosto de nada, desta forma pode ser usada em qualquer preparação: Bolos, biscoitos, pães e outras massas, substituindo a farinha de trigo. Você pode adicionar também em sucos de frutas, vitaminas, no feijão, como espessante de molhos, mousse, ganache etc. 
_
O preparo da Biomassa é super simples e pode ser feito em casa.
Ingredientes: 
- Banana verde (8-10 unidades.);
- Água (suficiente para cobrir as Bananas).
Modo de preparo:.
Lave as Bananas verdes com casca, uma a uma, utilizando esponja com água e sabão e enxágue bem;
Em uma panela de pressão cozinhe as bananas com casca, cobertas com água por 10 minutos; 
Espere o vapor escapar naturalmente;
Ao término do cozimento, mantenha as bananas na água quente da panela;
Vá aos poucos tirando a casca da polpa, que deve ser passada imediatamente no processador. É importante que a polpa esteja bem quente, para não esfarinhar;
Processe por 5 minutos até obter uma pasta bem espessa.
Armazenamento:
Na geladeira, conservará por no máximo 5 dias.
Congelador, por até 3 meses.


Biscoito Integral Low Carb fácil e delicioso!
1 xícara de biomassa de banana verde
1 xícara de farelo de aveia ou farinha de linhaça 
1/2 xícara de gergelim
3 c. sopa de azeite de oliva
Pitadinha de sal e temperos a gosto
_
Em uma vasilha, misture todos os ingredientes até incorporar tudo (com as mãos mesmo).
Abra a massa sobre um filme plástico e deixe-as com uma espessura de 2 mm, corte os biscoitos no tamanho desejado.
Unte o tabuleiro/refratário com azeite e um pouco de farelo de aveia e leve ao forno médio pré aquecido por + - 30min.
O tempo pode variar, então fique de olho para não queimar!!! 

Quer receber todas as receitas e novidades do nosso site? Clique aqui para se cadastrar!



Para baixar nosso e-book grátis com dicas e receitas para a reeducação alimentar, clique aqui.
Para ver mais sobre alimentação, clique aqui.


Para ver nossas matérias sobre exercícios físicos, clique aqui.
Para ver nossas matérias sobre procedimentos estéticos e fisioterapia, 
clique aqui.
Para conhecer nossas receitas saudáveis, 
clique aqui.

Aline Blanc é nutricionista e coach, especialista em nutrição clínica, esportiva e emagrecimento. Apaixonada pela nutrição e pela comida de verdade, passa longe dos modismos que rodeiam a nutrição atualmente. Acredita que a melhora na qualidade de vida e na estética corporal é conquistada através de uma alimentação saudável, simples, verdadeira, acessível e sustentável para qualquer pessoa. Conheça melhor seu trabalho nas suas redes sociais: www.facebook.com/alineblancnutri e @alineblancnutri no instagram
😂


terça-feira, 11 de abril de 2017

Chocolates e receita: bombom fit sabor prestígio

               
Tentação máxima entre as guloseimas, companheiro inseparável dos momentos difíceis e amenizador instantâneo de TPMs, o chocolate, queridinho de toda mulher, não poderia passar batido no calendário, ainda mais em um período que só se fala nele: PÁSCOA. Mas e aí, Nutri? Como faço para ficar feliz neste dia e não ganhar aqueles quilinhos a mais tão indesejados? :(
A nutri aqui te explicará os benefícios quanto ao consumo deste alimento e também quais as formas que podemos encontrar!
O chocolate pode proporcionar uma série de benefícios para o organismo. Porém, para que isso aconteça o alimento precisa contar com pelos menos 70% de pó de cacau em sua composição, ou seja, ser um chocolate amargo. Entre os pontos positivos do chocolate amargo destacam-se a diminuição de riscos de doenças cardiovasculares e de câncer. Além disso, o alimento protege o cérebro e pode contribuir para a diminuição do colesterol ruim e da pressão arterial. Todos esses benefícios ocorrem porque o chocolate amargo possui boas quantidades de pó de amêndoa de cacau que é rico em flavonoides. Esta substância é um poderoso antioxidante e proporciona todos esses pontos positivos para a saúde. Segundo o presidente do Instituto Cabruca e da Câmara Setorial do Cacau, Durval Libânio, o consumidor tem que ficar atento ao rótulo dos produtos para saber a concentração de cacau e se há adição de leite, açúcar e outros ingredientes.

Veja abaixo alguns tipos de chocolates:

Chocolate ao leite: Conta com pelo menos 25% de pó de cacau em sua composição, também possui leite, o que faz com que o alimento tenha colesterol e gordura saturada. Além disso, o doce possui muito açúcar e pode ter gorduras hidrogenadas.

Chocolate meio amargo: Conta com pelo menos 40% de pó de cacau em sua composição. Possui menos leite e açúcar. As quantidades de pó de cacau ainda não são suficientes para proporcionar benefícios consideráveis à saúde.

Chocolate amargo: Conta com pelo menos 70% de pó de cacau em sua composição. Este alimento não possui leite, e tem menos açúcar e gorduras. Quando consumido em quantidades moderadas, até 30 gramas por dia, pode proporcionar diversos benefícios para a saúde.

Chocolate branco: Não possui pó de cacau em sua composição. É feito com a manteiga do cacau e o açúcar e, infelizmente, em muitos casos também leva boas quantidades de gorduras hidrogenadas. Trata-se da pior opção para a saúde.

Ao leite 0% açúcar - não contém açúcar em sua composição, sendo indicados para diabéticos. No entanto, deve-se ter atenção a quantidade ingerida, pois para compensar a falta de açúcar, ganha maior dose de gordura, sendo mais calórico do que o chocolate ao leite tradicional. Encontrado em tabletes, bombons e ovos.

Chocolate orgânico - o cacau utilizado nesse tipo de chocolate é orgânico, ou seja, é produzido sem o uso de agrotóxicos e fertilizantes químicos, trazendo mais benefícios à saúde e ao meio ambiente. Há as opções ao leite, amargo e à base de soja.

À base de soja - é 100% vegetal, feito com extrato de soja, sem lactose ou glúten. Disponível em bombons, barras, ovos de Páscoa, esta guloseima é especialmente indicada para pessoas com intolerância à lactose e celíacos. A versão sem açúcar pode ser consumida por diabéticos.

Alfarroba -alternativa para intolerantes á lactose ou celíacos. É uma vagem que após torrada e moída resulta em uma farinha utilizada como substituta do cacau. Tem apenas 0,7% de gordura, é pouco calórica, além de ser rica em fibras e não conter cafeína. Seu sabor é similar ao do chocolate amargo. Este produto pode ser encontrado em barra, pó, bombons, gotas e ovos de Páscoa. Sem adição de açúcar, pode ser consumido por diabéticos.

Agora uma receitinha que te deixará com água na boca:

Receita de bombom fit sabor prestígio
Ingredientes:
Massa
3 colheres de sopa de óleo de coco;
1 colher de sopa cacau em pó;
2 colheres de sopa de mel.
Recheio
1/2 xícara de chá coco ralado seco sem açúcar;
1 colher de sopa de farinha de coco;
3 colheres de sopa de óleo de coco;
1 colher de café de essência de baunilha;
2 colher de sopa de mel.
Modo de preparo:
Misture todos os ingredientes do recheio, com uma colher modele a massa em bolinhas e coloque em uma assadeira que possa ir ao freezer. Deixe por 30 minutos. Enquanto o recheio gela prepare a massa misturando o óleo de coco, cacau e mel. Mergulhe o bombom na cobertura e volte à geladeira até a hora de servir. 

A quantidade recomendada de chocolate amargo é 30 gramas por dia, mais do que isso pode ser problemático já que o alimento é muito calórico. O equilíbrio é a chave do sucesso.



Para baixar nosso e-book grátis com dicas de sucesso para a reeducação alimentar, clique aqui.
Para ver mais sobre alimentação, clique aqui
Para ver nossas matérias sobre exercícios físicos, clique aqui.
Para conhecer nossas receitas saudáveis, 
clique aqui.



Nutricionista Isabela Faria Campos    
CRN-ES 13101141
Sócia e Proprietária da Clínica Espaço Nutrir. Graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Espírito Santo.
Pós graduada em Nutrição Funcional e Nutrigenômica: Implicações Práticas na Nutrição Clínica e Esportiva. Mestranda em Ciências da Saúde pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.
Nutricionista voluntária na Associação Crescer Com Viver. CRN.ES-13101141



quarta-feira, 5 de abril de 2017

#Vixreceitas Pão de batata doce sem glúten sem lactose

Muitas receitas de pão sem glúten e sem lactose que encontramos na internet são com uma infinidade de ingredientes e que normalmente não temos em casa para fazer a receita.
Esta receita de pão de batata com um toque de alecrim é inteiramente feita no liquidificador sem complicações e sem mistérios.
INGREDIENTES:
  • 4 ovos (se os ovos estiverem grandes use apenas 3 unidades)
  • 1/2 xícara de batata-doce cozida com casca ou no micro-ondas
  • 4 colher de sopa azeite de oliva extra virgem (ou use óleo de coco derretido)
  • 1/2 xícara de água ou leite vegetal da sua preferência
  • 1 colher de chá rasa de sal
  • 1 colher de sopa de alecrim (opcional ou use orégano, chimichurri, cúrcuma, páprica, etc)
  • 1/3 xícara de fécula de batata (substitua por amido milho, polvilho doce ou araruta)
  • 3/4 xícara de farinha de coco ou substitua por farinha de aveia sem glúten
  • 1 colher de sopa de fermento biológico seco (fermento instantâneo especial para fazer pão)
MODO DE PREPARO:
  • A primeira coisa que você precisa fazer é cozinhar a batata-doce, para isso descasque e pique grosseiramente uma batata-doce média. Coloque em um prato de sopa e cubra com outro prato de sopa para levar ao micro-ondas de 2 à 4 minutos na potência máxima até que fique bem macia.
  • Se você não usar micro-ondas você deve cozinhar a batata-doce com casca para evitar que ela fique aguada. Quando espetar o garfo e ela estiver macia, estará pronta.
  • Depois de cozida esmague com um garfo, não precisa ficar um purê liso.
  • No liquidificador adicione os ovos, a batata-doce que já deve estar de morna a fria, a água e o azeite.
  • Bata bem até que a batata-doce seja dissolvida formando uma massa bem líquida.
  • Agora adicione o alecrim, a fécula de batata, o sal e a farinha de coco. Bata bem até que a massa fique mole e homogênea.
  • Finalize adicionando o fermento biológico, misture bem utilizando uma espátula ou uma colher. Não ligue o liquidificador para misturar para não estragar o fermento.
  • Unte uma forma de pão com um pouco de óleo vegetal e salpique um pouco de farinha de coco para facilitar a retirada do pão depois de assado.
  • Despeja a massa dentro da forma e leve para algum lugar quentinho da cozinha até dobrar de volume, aproximadamente 45 minutos de crescimento.
  • Depois de 30 minutos crescendo retiro a água e o pão de dentro do forno para pré-aquecer na temperatura de 180º C. Deixo pelo menos 20 minutos aquecendo para que o forno consiga atingir a temperatura correta. Você deve colocar o pão somente depois de aquecido para que ele asse corretamente e não fique abatumado.
  • Asse por aproximadamente 45 minutos à 180º C.
  • Depois de completamente frio retire o pão da forma. Você pode fatiar ele com facilidade,  pois ele fica super macio e maleável.
  • Para garantir que o pão está assado você deve sentir que ele está firme. Para ter certeza você pode espetar um palito e se ele sair limpo é porque o pão já está assado.
  • Se você não consumir em até 3 dias você pode fatiar ele por completo e congelar em uma saco plástico sem amontoar demais as fatias, assim quando você quiser é só retirar as fatias que for consumir do freezer. Você pode descongelar no micro-ondas, sobre uma frigideira ou dentro da torradeira. É pratico e muito delicioso.
DICAS:
    • Substitua a batata-doce por aipim, inhame, batata salsa ou o tubérculo da sua preferência.
    • Para deixar o pão levemente adocicado retire o alecrim e use 2 colheres de sopa de mel ou melado e aromatize com 1 colher de sobremesa de canela em pó.
    • Se você não tiver forma de pão use forminhas de silicone enchendo apenas até a metade para que o pão não transborde.
    • Se você estiver usando uma forma que costuma grudar sugiro que unte-a com bastante óleo (manteiga seria ainda melhor) e polvilhe farinha com gosto (de trigo também seria melhor). Ou asse sobre papel manteiga untado, aí você não precisa se preocupar se o pão vai sair ou não da forma.
    • Se quiser você pode adicionar azeitonas, atum, cebola, tempero verde e fazer um pão turbinado. Para isso misture à massa 2 colheres de sopa de azeitonas picadas, 2 colheres de sopa de atum drenado, 1 colher de sopa de cebola picada e tempero verde a gosto.Para deixar suas receitas saudáveis ainda mais saborosas, aprenda a utilizar temperos naturais e como combiná-los de forma a deixar sua comida mais deliciosa sem deixar de ser saudável. O guia de temperos foi criado pela nossa colunista Chef Susan Martha. Saiba mais sobre o guia de temperos aqui.
A Susan também desenvolveu um guia de reeducação alimentar com mais de 90 páginas com receitas simples, saborosas e calculadas para caber no seu orçamento. Saiba mais aqui. 
Se testar a receita, não se esqueça de usar as hashtags #amorpelacomida e #vixreceitas
Veja a receita original do pão de milho aqui.

Para baixar nosso e-book grátis com dicas de sucesso para a reeducação alimentar, clique aqui.
Para ver mais sobre alimentação, clique aqui.
Para ver mais sobre exercícios físicos, clique aqui.
Para ver mais sobre procedimentos estéticos, clique aqui.
Para ver mais sobre receitas fit, clique aqui.
Eu sou a Chef Susan Martha e tenho muito amor pela comida. Meu amor pela comida é tão, tão forte que fiz faculdade de Gastronomia justamente por isso. Lá, aprendi técnicas clássicas, que serviram como fermento para aumentar minhas habilidades de surpreender na cozinha e fazer minha criatividade borbulhar. Hoje, aplico técnicas de Gastronomia Funcional em pratos do dia a dia e desenvolvo substituições de ingredientes para tornar as receitas mais saudáveis. É assim que mantenho o equilíbrio da minha alma gorda.



terça-feira, 4 de abril de 2017

Benefícios do grão de bico e receita de snack!


👉🏼 Você sabia que o grão de bico além de ser uma leguminosa super saborosa pode auxiliar no combate ao mau humor e ainda ajudar a melhorar a qualidade do sono? 😍😴
_
Isso mesmo!!! É que ele é uma excelente fonte de tiptofano, um aminoácido essencial que o nosso corpo não é capaz de produzir por isso, é preciso ingeri-lo por meio da alimentação e juntamente com os outros nutrientes ajuda na produção de serotonina, um neurotransmissor importante nos processos bioquímicos do sono, do humor e do bem-estar. 🔝🔝🔝
_
Mas seus benefícios não param por aí: 
• Ajuda a diminui a absorção de açúcar
• Auxilia no aumento de massa muscular por ser um grão rico em proteína
• Reduz o colesterol "ruim" (LDL)
• Promove a sensação de saciedade por ser rico em fibras e
• Contribui para a saúde intestinal e muito mais... como podem ver na foto.
_
Uma porção de 100 g de grão de bico fornece, cozida e sem sal, média de 164 calorias e contém 27,42 g de carboidratos (sendo 7,6 g de fibras); 2,59 g de gorduras (principalmente ácidos graxos insaturados) e 8,86 g de proteínas.
_
Pode ser utilizado em diversos pratos saborosos, desde saladas, sopas, pastas e até mesmo sobremesas.
_
Agora há motivos de sobra para incluir essa leguminosa tão versátil em sua alimentação! Que tal experimentar? ☺️
Uma receita super bacana é o snack de grão de bico.


Que tal um Snack delícia, saudável, nutritivo e super fácil de fazer? 😃
Esta receita é uma ótima opção para substituir o amendoim tipo japonês (aquele amendoim com casquinha crocante, mas nada saudável 🙄).
_
Confira a receita 👌🏼
👉🏼Ingredientes:
– 3 xícaras de grão de bico cozido
– 1 colher de sopa de manteiga derretida ou azeite
– 1 colher de chá de sal
– 1 colher de chá de açafrão 
– 2 colheres de chá de páprica doce e/ou picante
– Pimenta do reino moída na hora a gosto
_
👉🏼Modo de Fazer
Passo 1: Deixe o grão de bico cru de molho em água durante 8-12 horas. 
Dica: colocar na noite anterior do preparo.
Passo 2: Pré-aqueça o forno a 180°C.
Passo 3: Escorra bem os grãos 
O segredo para eles ficarem crocantes após assados é secar bastante neste momento, usando um pano ou até mesmo papel toalha.
Passo 4: Transfira-os para a assadeira em que vai levá-los ao forno e coloque a manteiga derretida sobre eles, assim como o sal e os temperos. Use as mãos para misturar bem.
Passo 5: Depois de misturar, tome cuidado para que eles estejam espalhados na assadeira e não amontoados, pois isso impediria que assassem por igual. Depois, é só levar ao forno durante cerca de 1 hora. 
No meio do tempo de forno, pode sacudir de leve a assadeira, para que eles virem e assem mais uniformemente.
Dica: guardar em um pote de vidro bem fechado para manter crocante!
_
Petisco ideal para acompanhar um filminho, um jogo, uma cerveja...Ops! 👀😂😂 Agora junta a galera e faz para vê se está aprovado!!!

Quer receber todas as receitas e novidades do nosso site? Clique aqui para se cadastrar!


Para baixar nosso e-book grátis com dicas e receitas para a reeducação alimentar, clique aqui.
Para ver mais sobre alimentação, clique aqui.


Para ver nossas matérias sobre exercícios físicos, clique aqui.
Para ver nossas matérias sobre procedimentos estéticos e fisioterapia, 
clique aqui.
Para conhecer nossas receitas saudáveis, 
clique aqui.

Aline Blanc é nutricionista e coach, especialista em nutrição clínica, esportiva e emagrecimento. Apaixonada pela nutrição e pela comida de verdade, passa longe dos modismos que rodeiam a nutrição atualmente. Acredita que a melhora na qualidade de vida e na estética corporal é conquistada através de uma alimentação saudável, simples, verdadeira, acessível e sustentável para qualquer pessoa. Conheça melhor seu trabalho nas suas redes sociais: www.facebook.com/alineblancnutri e @alineblancnutri no instagram


quinta-feira, 30 de março de 2017

Xô celulite!


                A celulite é um problema estético que incomoda muito a grande maioria das mulheres. Ocorre em 90% das mulheres logo após a adolescência e raramente acontece nos homens (injustiça, não?). E qual mulher não tenta esconder estes furinhos, não é? Mas você sabe o que é a celulite?

                A celulite são bolsas de gordura acumuladas por baixo da pele causando covas nas ancas, coxas, nádegas e abdômen. Ela é caracterizada pelo aparecimento de ondulações da pele, dando aquele aspecto de “casca de laranja”. Ela ocorre por degeneração do tecido gorduroso com deficiência de circulação. As “covinhas” da celulite ocorrem devido à saliência da gordura hipodérmica na pele.

                Deixando o significado desta triste realidade de muitas de lado, vamos analisar as causas que podemos desenvolver estes furinhos:
*Hereditariedade; o fator genético é importante.

*Problemas circulatórios. Quando o sangue não flui bem, a drenagem das toxinas fica prejudicada e isso deixa o líquido que fica entre as células mais viscoso;

*Alterações hormonais. Níveis de estrogênio (hormônio feminino) muito altos provocam disfunções no metabolismo que podem criar ou agravar a celulite. A pílula anticoncepcional também pode desencadear o problema, pois adiciona mais uma dose de hormônios circulando em seu organismo;

*Também é importante analisar seu estilo de vida. A má alimentação, o sedentarismo, a tensão emocional e o excesso de toxinas no organismo contribuem para o aparecimento da celulite.
O que podemos fazer em relação da alimentação para diminuir ou evitar o aparecimento da celulite?
  • Evitar os alimentos enlatados, que contêm muitos conservantes. Um aspecto importante são as substâncias alimentares retentoras de água, que podem aumentar o problema da celulite.
  • Também é importante reduzir o % de gordura, pois o aumento de células do tecido adiposo e consequentemente o aumento de peso, estão extremamente relacionados com a potencializarão da celulite. 
  • Deve-se beber no mínimo dois litros de água por dia para hidratar o corpo, este procedimento ajuda na eliminação de toxinas pelos rins e auxilia no tratamento para celulite. Além disso, engana o estômago dando a sensação de saciedade. 
  •  Evite alimentos ou preparações muito processados, como pizzas, molhos gordurosos, pães e bolachas recheados, chantilly, biscoitos amanteigados, sorvetes.
  • Consuma alimentos isentos de açúcar refinado, ou seja, pão integral, arroz integral, macarrão integral, batatas e frutas.
  •  Evite colocar muito óleo durante a preparação dos alimentos;
  •  Alimentos integrais são boas fontes de fibras e ajudam a diminuir a absorção das gorduras, além de contribuir para a regulação do intestino.
  •  Não adicione muito sal durante a preparação dos alimentos ou quando prontos. Uma dica é não colocar o saleiro à mesa.
  • Evite refrigerantes e bebidas alcoólicas, pois estes somente fornecem calorias não possuindo nenhum valor nutritivo, prefira sucos naturais ou água.
  • Realize exercícios físicos diariamente.
  • Vá até um Nutricionista para este calcular um Plano Alimentar ideal ao seu objetivo e com isso dê adeus aos furinhos.
Lista-se alguns alimentos que colaboram para a diminuição das celulites, são eles:

ü  Folhas verde-escuras: Aposte em rúcula e espinafre para melhorar a circulação e desintoxicar o organismo. Essas verduras são antioxidantes que combatem os radicais livres e ajudam a evitar o envelhecimento precoce.

ü   OleaginosasNozes, castanhas e amêndoas atuam como antioxidante e evitam o surgimento da celulite e ainda contam com a presença do selênio.

ü   Água de coco: A água de coco reduz as toxinas que dão origem à celulite. Além disso, equilibra o organismo e traz uma série de benefícios para a saúde como um todo.

ü   Maçã: Quando a maçã é ingerida, forma-se um “gel” que retarda a absorção da glicose e dificulta a absorção das gorduras. Além disso, ela ajuda a neutralizar as toxinas do organismo causadoras do incômodo.

ü   Salmão, sardinha e atum: Esses peixes são ricos em ômega 3 e em proteínas, ao mesmo tempo em que tem pouca gordura e ajudam a combater a celulite.

ü   Abacaxi: O abacaxi é rico em bromelina, uma enzima que age como anti-inflamatório e por isso deve ser consumido por quem deseja eliminar a celulite.

ü    Frutas vermelhas: Riquíssimas em vitamina C e A, elas combatem radicais livres por serem antioxidantes, fortalecem os vasos sanguíneos e diminuem a produção de insulina

ü    Chá verde: O chá verde é famoso pela sua ação antioxidante e diurética, sendo um ótimo aliado no controle da celulite. O ideal é tomar três copos por dia para que, aos poucos, a celulite seja amenizada.




Para baixar nosso e-book grátis com dicas de sucesso para a reeducação alimentar, clique aqui.
Para ver mais sobre alimentação, clique aqui
Para ver nossas matérias sobre exercícios físicos, clique aqui.
Para conhecer nossas receitas saudáveis, 
clique aqui.



Nutricionista Isabela Faria Campos    
CRN-ES 13101141
Sócia e Proprietária da Clínica Espaço Nutrir. Graduada no curso de Nutrição pela Universidade Federal do Espírito Santo.
Pós graduada em Nutrição Funcional e Nutrigenômica: Implicações Práticas na Nutrição Clínica e Esportiva. Mestranda em Ciências da Saúde pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo.
Nutricionista voluntária na Associação Crescer Com Viver. CRN.ES-13101141